Seguidores

Pesquisar este blog

quinta-feira, 3 de março de 2016

As crianças e a alfabetização nossa de cada dia

A criança estar no 5º ano sem saber escrever o seu próprio nome, é chocante demais. De quem é a culpa? dos pais, da escola, do sistema ou da própria criança?
Realmente não dá para entender algo desta natureza. As crianças são inteligentes, perspicazes e espertas. Não tem como justificar um fracasso desta proporção. A escola precisa assumir o seu papel em todo processo. A criança tem que aprender de forma efetiva a se comunicar usando a palavra escrita e falada. Não tem justificativa para explicar esta falta de vergonha. Todos precisam assumir a sua parcela de culpa e buscar reverter este triste quadro, tratando este estudante como se fosse alguém agonizando numa UTI. Todos juntos em prol de curar a doença do analfabetismo. Alfabetizar é ensinar a criança a ler o mundo. E a criança que aprende a ler o mundo, é uma criança participativa e independente. Nesta idade, aos 10 anos, a criança precisa ler, escrever bem, e interpretar o texto com excelência, a não ser que a mesma tenha algum distúrbio mental. O professor não pode lavar as mãos, os pais precisam correr atrás do prejuízo e a criança, entender que estudar é uma necessidade vital. Que só o conhecimento transforma o homem e a sociedade. Está na hora de acordarmos para estas questões. A educação libertadora não sufoca o indivíduo, muito pelo contrário, liberta e fortalece o ser. Vamos educar as nossas crianças para não precisarmos punir os adultos ( Pitágoras).

Educadora Cris Souza
03.03.2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário